sexta-feira, 29 de maio de 2009

Invente e tente, faça um transporte diferente

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Aviso de comunicação interno

De: Diretor Presidente
Para: Gerente
Na próxima sexta-feira, aproximadamente às 17 horas, o cometa Halley estará nesta área. Trata-se de um evento que ocorre somente a cada 78 anos. Assim, por favor, reúna os funcionários no pátio da fábrica, todos usando capacete de segurança, quando explicarei o fenômeno a eles. Se estiver chovendo, não poderemos ver o raro espetáculo a olho nu, sendo assim, todos deverão se dirigir ao refeitório, onde será exibido um filme documentário sobre o cometa Halley.

De: Gerente
Para: Supervisor

Por ordem do Diretor Presidente, na sexta-feira, às 17 horas, o cometa Halley vai aparecer sobre a fábrica. Se chover, por favor, reúna os funcionários, todos de capacete de segurança, e os encaminhe ao refeitório, onde o raro fenômeno terá lugar, o que acontece a cada 78 anos a olho nu.

De: Supervisor
Para: Chefe de Produção

A convite do nosso querido Diretor, o cientista Halley, 78 anos, vai aparecer nu no refeitório da fábrica usando capacete, pois vai ser apresentado um filme sobre o problema da chuva na segurança. O Diretor levará a demonstração para o pátio da fábrica.

De: Chefe de Produção
Para: Mestre

Na sexta-feira, às 17 horas, o Diretor, pela primeira vez em 78 anos, vai aparecer no refeitório da fábrica para filmar o Halley nu, o cientista famoso e sua equipe. Todo mundo deve estar lá de capacete, pois vai ser apresentado um show sobre a segurança na chuva. O Diretor levará a banda para o pátio da fábrica.

De: Mestre
Para: Funcionários

Todo mundo nu, sem exceção, deve estar com os seguranças no pátio da fábrica na próxima sexta-feira, às 17 horas, pois os manda-chuva (o Diretor) e o Sr.Halley, guitarrista famoso, estarão lá para mostrar o raro filme “Dançando na chuva”. Caso comece a chover mesmo, é para ir para o refeitório de capacete na mesma hora. O show será lá, o que ocorre a cada 78 anos.

AVISO GERAL
Na sexta-feira o chefe da Diretoria vai fazer 78 anos, e liberou geral pra festa, às 17 horas no refeitório. Vai estar lá, pago pelo manda-chuva, Bill Halley e seus cometas. Todo mundo deve estar nu e de capacete, porque a banda é muito louca e o rock vai rolar solto até no pátio, mesmo com chuva.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Lei n° 9.611, do transporte multimodal de cargas

CONCEITO DE TRANSPORTE MULTIMODAL


1- O que é Transporte Multimodal de Cargas?
Resposta - Transporte Multimodal de Cargas é aquele que, regido por um único contrato, utiliza duas ou mais modalidades de transporte, desde a origem até o destino, e é executado sob a responsabilidade única de um Operador de Transporte Multimodal – OTM.

2- O que é modalidade? O que é modal ?
Resposta- Os termos modo, modal e modalidade de transporte possuem o mesmo significado. Consideram-se cinco os modos básicos de transporte: rodoviário, ferroviário, dutoviário, aquaviário e aéreo.

3- O Transporte Multimodal de Cargas pode compreender outros serviços, além do transporte?
Resposta - Sim. Além do transporte em si, podem compreender os serviços de coleta , unitização, desunitização, movimentação, armazenagem e entrega da carga ao destinatário, bem como a realização dos serviços correlatos que forem contratados entre a origem e o destino, inclusive os de consolidação e desconsolidação documental de cargas.

4- A definição brasileira de Transporte Multimodal de Cargas está coerente com a definição dos outros países?
Resposta – O conceito de Transporte Multimodal definido pela Lei 9.611/98 está em consonância com o estabelecido no acordo firmado entre o Brasil e os países da América Latina, em 1994. Não obstante inexistir, atualmente, uma aceitação por todos os países de uma terminologia única, a definição deste acordo é baseada no Convênio das Nações Unidas de 1980, realizado em Genebra, sobre o Transporte Internacional de Mercadorias.

5- Qual a diferença entre transporte Intermodal e Multimodal?
Resposta- O conceito de Transporte Multimodal é o definido pela Lei 9.611/98 (vide pergunta 1), já o termo Transporte Intermodal não possui mais base jurídica, pois a legislação que o definiu, a Lei 6.288/75 (dispõe sobre a utilização, movimentação e transporte, inclusive intermodal, de mercadorias em unidades de carga) foi revogada. Embora a primeira Lei revogue esta última, o conceito de Transporte Intermodal não foi substituído pelo de Transporte Multimodal, pois há diferenças conceituais entre os dois termos.

LEI Nº 9.611, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998

Dispõe sobre o Transporte Multimodal de Cargas e dá outras providências


CAPÍTULO I- DO TRANSPORTE MULTIMODAL DE CARGAS

CAPÍTULO II- DO OPERADOR DE TRANSPORTE MULTIMODAL

CAPÍTULO III- DO CONTRATO DE TRANSPORTE

CAPÍTULO IV- DA RESPONSABILIDADE

CAPÍTULO V- DA UNIDADE DE CARGA

CAPÍTULO VI- DO CONTROLE ADUANEIRO E DA RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA

CAPÍTULO VII- DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS

clique aqui e leia sobre os tópicos acima.

Colaboração de Luiz Trovo

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Sistema logístico de medicamentos da AIDS


sistemalog


Clique aqui e saiba mais sobre: SISTEMA LOGÍSTICO DE MEDICAMENTOS DE AIDS

domingo, 24 de maio de 2009

O ciclo de vida de uma boa logística

sábado, 23 de maio de 2009

Logística de um boato

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Seis aulas de gestão estratégicas

AULA 1
Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz: – Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!
Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora.
Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:
- Quem era?
- Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela.
- Ótimo! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo?

Conclusão: *Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias*.

AULA 2
Um padre está dirigindo por uma estrada quando um vê uma freira em pé no acostamento. Ele para e oferece uma carona que a freira aceita. Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas. O padre se descontrola e quase bate com o carro. Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira. A freira olha para ele e diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
O padre sem graça se desculpa:
- Desculpe Irmã, a carne é fraca…
E tira a mão da perna da freira. Mais uma vez a freira diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento. Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: ‘ Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso’.

Conclusão: *Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder excelentes oportunidades*.

AULA 3
Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz:
- Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês!
- Eu primeiro, eu primeiro – Grita um dos funcionários… – Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida…
Pufff e ele foi. O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:
- Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas!
Puff, e ele se foi.
- Agora você – diz o gênio para o gerente.
- Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!

Conclusão: *Deixe sempre o seu chefe falar primeiro*.

AULA 4
Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veadinho se não quiser morrer de fome.

Conclusão: *Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.*

AULA 5
Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: – Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?
O corvo responde:
- Claro, porque não?
O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.

Conclusão: *Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo *.

AULA 6
Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas. No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras.
Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa, quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:
- Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.
O fazendeiro responde:
- Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!

Conclusão: *A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente*.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Nova fusão: Perdigão e Sadia



Leia uma reportagem sobre o assunto. Clique aqui

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Definição de logística

A Logística é a área da gestão responsável por prover recursos, equipamentos e informações para a execução de todas as atividades de uma empresa.

Entre as atividades da logística estão o transporte, movimentação de materiais, armazenagem, processamento de pedidos e gerenciamento de informações.

Pela definição do Council of Supply Chain Management Professionals, "Logística é a parte do Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento que planeja, implementa e controla o fluxo e armazenamento eficiente e econômico de matérias-primas, materiais semi-acabados e produtos acabados, bem como as informações a eles relativas, desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender às exigências dos clientes" (Carvalho, 2002, p. 31).


Uma das principais ferramentas da logística é o WMS, Warehouse Management System, em português - literalmente: sistema de automação e gerenciamento de depósitos, armazéns e linhas de produção. O WMS é uma parte importante da cadeia de suprimentos (ou supply chain) e fornece a rotação dirigida de estoques, diretivas inteligentes de picking, consolidação automática e cross-docking para maximizar o uso do valioso espaço do armazéns.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Crise é chance para logística!

O Brasil e o Ceará devem aproveitar a crise e investir na infra-estrutura portuária para estarem preparados a ampliar as relações com o comércio exterior quando a economia retomar seu crescimento. A dica é do consultor, Klaus Meves, ex-presidente da Hamburg Sud, que ministrou, ontem, palestra sobre o tema, durante o II Seminário Interno de Logística Portuária, que segue até hoje, em Fortaleza.

Segundo ele, a redução significativa dos volumes operados nos portos brasileiros deu um certo alívio na infra-estrutura. ´Temos que aproveitar esse respiro proporcionado pela crise para investir´, reforça Meves, para quem a retração econômica deve se manter até o próximo ano. ´Minha expectativa é que não teremos recuperação real até 2011´, estima.

Na opinião do consultor, no Ceará, os gargalos não devem persistir em função dos ´investimentos tremendos´ que estão sendo feitos no Pecém.

Competitividade

De acordo com Meves, num país de dimensões continentais como o Brasil, para que as exportações sejam competitivas é preciso que o governo também esteja atento a outros entraves como a burocracia e a complexa estrutura tributária. ´O movimento de cargas entre os estados é muito difícil. Parece que estamos na Alemanha de 1866. É necessário um tipo de tributação simplificado para facilitar o processo, um tipo de IVA´, exemplifica.

Em relação ao panorama mundial, Klaus Meves lembrou que os portos do mundo hoje encontram-se em média com 20% da capacidade ociosa. Outra tendência do transporte maritmo, com a crise, é a utilização de embarcações maiores. ´Grandes embarcações necessitam do mesmo número de tripulantes de um barco pequeno. E quando estão cheias, o transporte se torna muito mais compensador. Por isso navios com capacidade em torno de 2.500 TUs estão perdendo a importância´.

Segundo ele, na Hamburg Sud 34% das embarcações tem menos de quatro anos.

“A vida útil de uma embarcação é 40 anos. As menores tendem a virar sucata porque são as mais velhas, com mais de 20 anos”. A expectativa da companhia para 2009 é movimentar 2,8 milhões de TUs´, estima o consultor.

29/4/2009
Diário do Nordeste/CE

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Espírito Santo: Estado de grande potencial logístico

Por sua privilegiada localização geográfica e por seu crescimento econômico proveniente de indústrias como o minério, rochas ornamentais, petróleo, gás natural e café.

domingo, 3 de maio de 2009

Lava a jato!